fbpx

SETCEPAR de Curitiba é o primeiro do país a instalar painéis de energia solar

09/07/2019

Foto_painel

O SETCEPAR (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas no Estado do Paraná) é a primeira entidade do Brasil do segmento de transporte rodoviário de cargas a investir em energia renovável. Para isso, o Sindicato instalou painéis fotovoltaicos em sua sede em Curitiba (PR), com a proposta de reduzir custos com energia elétrica (economia de até 65% na conta mensal de luz, o que representa cerca de R$ 5 mil por mês), diminuir a emissão de gases do efeito estufa e contribuir com o suprimento de energia para a população.

Para o presidente do SETCEPAR, o empresário Marcos Battistella, a sustentabilidade é uma pauta obrigatória na agenda da entidade. “Começamos com o Projeto Despoluir, que faz a medição gratuita para os associados do controle da emissão de gases poluentes pelos caminhões. E, agora, investimos em energia solar, com a estimativa de recuperar em até três anos o investimento de R$ 100 mil”, complementa.

Battistella afirma que, com o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, as entidades passaram a se reinventar para reduzir custos e ainda oferecer serviços de qualidade para os associados e prospects. O trabalho foi executado em parceria com a empresa TNR Solar e já está em pleno funcionamento.

Sobre o SETCEPAR – Criado em 1943, o SETCEPAR representa 12 mil empresas em 265 cidades do Estado e oferece aos associados diversos serviços e eventos para fomentar melhorias no transporte rodoviário de cargas (TRC). Porta-voz do setor e de forte atuação na capacitação das empresas, o sindicato também contribui decisivamente para desenvolver a economia regional.

O Sindicato representa os empresários do TRC em variadas atividades, como negociações coletivas de trabalho, aproximação com autoridades e autarquias municipais, estaduais e federais, bem como com a imprensa. Também lidera a articulação de questões técnicas, operacionais e mercadológicas com seus associados, promovendo eventos para debate e formação. É o primeiro Sindicato da América Latina a obter a certificação NBR ISO 9001:2000, atualmente revisada para NBR ISO 9001:2008.